terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Construíndo um transmissor infravermelho para o seu PC passo a passo circuito simples

Várias placas-mães têm o hardware necessário para a instalação de um transmissor/receptor infravermelho, sendo necessária apenas a instalação de um módulo contendo o sensor infravermelho. O grande problema, no entanto, é que este módulo não é encontrado facilmente no mercado e, quanto é encontrado, seu custo é muito alto. O colega Alain Gailland criou este módulo e o documento ensinando como montá-lo você pode pegar  em http://www.clubedohardware.com.br/download/misc/IrDA_xp.zip. Qualquer usuário que saiba operar um ferro de solda é capaz de montá-lo.

Com este módulo, que você gastará menos de R$ 10 para montá-lo, você poderá fazer a comunicação do seu PC com outros dispositivos que tenham conexão infravermelha, também chamada de IrDA, como palmtops, notebooks e celulares. Mas, para isto, é necessário que a sua placa-mãe tenha esta interface. Para saber se sua placa-mãe tem ou não esta interface, você deve procurar no manual dela e também na própria placa-mãe por um conector chamado "IR", "IRDA", "IRCON", "SIR", "SIRCON" ou similar. Este conector tem normalmente 4 ou 5 pinos e você precisará do manual para saber o significado de cada pino (+5V, GND, TX e RX), pois a função de cada pino varia de acordo com o modelo de placa-mãe.




Nas Figuras 2 e 3 nós damos um exemplo de partes do manual da placa-mãe ASUS A7N8X De Luxe. Você normalmente encontrará o conector IR na página que contém o layout da placa-mãe (Figura 2). Nós colocamos uma seta vermelha para que você possa encontrá-lo mais facilmente. Nesta placa o conector era chamado "IR_CON1".

A pinagem do conector IR pode ser vista na seção "conectores" do manual, ver Figura 3. Tenha em mente que esta pinagem varia de fabricante para fabricante, portanto você precisa ver no manual da sua placa-mãe a pinagem que é usada em sua placa.


O Circuito
Você precisará comprar um LED infravermelho, um foto-diodo infravermelho, dois transistores BC548 (visto de frente, com os terminais voltados para baixo, sua pinagem é coletor, base e emissor), um capacitor de 10 nF, um resistor de 4K7 (amarelo, violeta, vermelho), um resistor de 47 K (amarelo, violeta, laranja), um resistor de 15 K (marrom, azul, laranja), um resistor de 22 ohms (vermelho, vermelho, preto) e um resistor de 1 K (marrom, preto, vermelho), todos de 1/8 W ou de 1/4 W. Cuidado para não confundir quem é o LED e quem é o foto-diodo, pois eles são muito parecidos. Na hora de comprar, peça para o vendedor identificá-los para você.
Na hora de montar o circuito, o único cuidado especial é fazer com que o transmissor (LED) e receptor (foto-diodo) fiquem perfeitamente alinhados, lado-a-lado, como mostramos na foto do circuito montado.
Após montar o circuito, você deverá ligá-lo ao conector IR da placa-mãe. Veja que no circuito marcamos quatro pontos: Vcc, Gnd, TX e RX. Estes pontos deverão ser ligados aos pontos de mesmo nome no conector IR da placa-mãe.
É importante também que você, no setup da placa-mãe, configure a interface IR a operar em modo full-duplex, para maior desempenho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pesquisar este blog